DNA brasiliense

Pedro Sangeon tem, assim como a DOBE, o DNA brasiliense e a vontade de se expressar e de comunicar ideias de uma forma artística, simples, direta e com objetivos mais profundos do que o visual e o tangível – os dois buscam impactar o mundo com novas ideias e perspectivas.

O artista plástico começou a ilustrar e produzir intervenções urbanas ainda na universidade, mas só em 2012 ganhou as ruas com o projeto GURULINO, que aborda temas cotidianos de forma humorada e reflexiva através de desenhos e tirinhas. O encontro com a DOBE foi, portanto, natural e assim nasceu uma collab de camisetas com estampas desenvolvidas por Pedro.

Para o artista, “a DOBE é a parceria ideal dos meus sonhos […] A gente tem uma afinidade nas questões minimalistas, na busca incessante pela essência das coisas, pelo mínimo que contém tudo o que a gente quer comunicar e transmitir, no nível de ideias, conceitos, sensações e experiências positivas.”

Os dois projetos também se assemelham no processo de produção e desenvolvimento. Pedro comentou que, assim com a DOBE, se esforça com cada desenho e texto que faz para atingir o melhor resultado possível, sempre com muita dedicação, carinho e cuidado. “Desde o começo da produção até a entrega do produto final, existe um carinho com o conceito da marca, de manter um nível de qualidade em vários sentidos, especialmente levantando bandeiras importantíssimas para o mundo de hoje a nível de consciência de consumo.”

O artista deu destaque ao casamento das ideias dos projetos, que “são representantes da cidade de Brasília, uma cidade muito jovem, muito moderna, e muito essencial na sua forma de ser, de crescer enquanto identidade de um centro urbano”, alimentando um universo estético próprio da cidade. Que prospere!

DOBE + Gurulino